http://shop.biovitae.com.br/ 

Aparelhos para medir Pressão Arterial ( Esfigmomanômetros ).

Por entender a necessidade de resguardar a saúde do cidadão, garantindo medições fidedignas, o Inmetro aprovou, através da Portaria Inmetro n.º 24, de 22 de fevereiro de 1996, o Regulamento Técnico Metrológico que estabelece as condições a que devem satisfazer os Esfigmomanômetros mecânicos do tipo aneróide, destinados a medir a pressão arterial, um dos sinais vitais do ser humano.

Através desta Portaria, os fabricantes ou importadores de Esfigmomanômetros do tipo aneróide devem submeter seus produtos ao controle metrológico, definido no Regulamento Técnico, abrangendo as seguintes etapas:

  • APRECIAÇÃO TÉCNICA DE MODELO  cada fabricante ou importador de esfigmomanômetro deve submeter à aprovação do Inmetro cada modelo fabricado ou importado, sendo que nenhuma modificação pode ser feita sem autorização do Inmetro, no esfigmomanômetro cujo modelo tenha sido aprovado;

 

  • VERIFICAÇÃO INICIAL  deve ser feita em todos os Esfigmomanômetros fabricados, nas dependências dos fabricantes ou outro local a critério do Inmetro, antes de sua colocação em uso;

 

  • VERIFICAÇÃO PERIÓDICA  deve ser realizada uma vez por ano, de preferência nas dependências dos órgãos da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade RBMLQ (IPEMs Institutos de Pesos e Medidas Estaduais) ou em local designado pelo Inmetro;

 

  • VERIFICAÇÃO EVENTUAL  deve ser realizada por solicitação do detentor do instrumento, após o conserto e/ou manutenção do mesmo ou quando o Inmetro julgar necessário.

 

Em maio de 1997, o Inmetro realizou a verificação da calibração dos Esfigmomanômetros, em uso, em quatro hospitais das seguintes cidades: Rio de Janeiro, São Paulo, Juiz de Fora e São Paulo. Foram escolhidos hospitais públicos e privados que atendem uma grande parte da população. Nesta análise, 61% do total de Esfigmomanômetros verificados apresentaram medições em desacordo com o Regulamento Técnico Metrológico. Na época, o objetivo do trabalho era de fazer um levantamento da situação, em termos de calibração desses aparelhos e articular-se com hospitais, clínicas e classe médica em geral, objetivando o estabelecimento e implantação de planos de verificação periódica da calibração nesses instrumentos.

A análise atual, agosto de 1998, tem como objetivo principal avaliar a calibração inicial dos aparelhos de pressão comercializados na cidade do Rio de Janeiro, verificando a conformidade das marcas nacionais e importadas de Esfigmomanômetros comercializadas na cidade do Rio de Janeiro, ao Regulamento Técnico Metrológico do Inmetro. 

   
 
  Site Map